.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Star Trek: Enterprise (20...

. Star Trek: Entreprise (20...

. 'V' estreia em Portugal

. Eureka (2006-2010)

. Dark Angel - Anjo Negro

.Tags

. actores

. actrizes

. actualização de elenco

. anatomia de grey

. bones - ossos

. cancelamento de séries

. csi las vegas

. drama

. e. r. - serviço de urgência

. estreias

. heroes

. notícias

. participações especiais

. policial

. promos 2008/ 2009

. renovações

. séries actuais

. séries da década de 80

. séries da década de 90

. top ten

. todas as tags

.mais comentados

.últ. comentários

Nick eu te amo. Eu fico com pena dele pois ele &ea...
Com certeza Julia Louis-Dreyfus é a melhor atriz d...
Gosto muito de ver a buffy
Bichinho do nick,por que sempre o gatinho sofre ma...
Ois. O episódio em que o Nick é enterrado vivo est...
bom o nick é um ótimo perssonagem do csi, acho q é...
oi td bem nike ,eu so tenho umas coisas p te dizer...
Alquem me ajuda eu nao consigo assitir o episodio ...
coitado de nick, nâo deveria sofrer tanto ...
nick é o mais gato de csi nâo devia s...

.arquivo

.subscrever feeds

Sábado, 1 de Maio de 2010

Star Trek: Enterprise (2001-2005) II/II

Depois de falarmos um pouco sobre a série e as suas personagens e de desvendarmos alguns factos curiosos, chegou a altura das chamadas incoerências da série. É evidente que as há, pois não podemos esquecer que é uma série derivada e que ainda para mais se passa no passado da série original, o que não é nada habitual.

 

Portanto, pelo que se sabe, alguns fãs acérrimos da série original até o nome da nave criticaram. Porém esta não pode ser considerada como uma real inconsistência, porque ela chamava-se Enterprise NX-01 e era uma nave da Terra e com isso a nave Enterprise NCC-1701 continuava a ser a primeira nave estelar da Federação. Mas significa também que a NX-01 foi destruída ou reformada ainda antes da fundação da Federação.

Outras reclamações baseiam-se no facto das personagens usarem 'phase pistols' quando estes não deveriam ainda existir e por exemplo de aparecerem naves romulanas com dispositivos de camuflagem quando no episódio 'Balance of Terror' da série original é suposto isto ser uma nova invenção...

 

Além do nome, os puristas achavam que a Enterprise NX-01 era demasiado parecida com as naves Classe-Akira do século XXIV.

Para além disso a série não preservava a continuidade dentro de si própria. Por exemplo, num episódio da primeira temporada, a série faz referência ao facto de os Vulcanos não se alimentarem, segurando a comida com as mãos, quando T'Pol a dada altura come um pão com garfo e faca e depois numa fase posterior mostra esta personagem a comer pipocas da maneira tradicional como todos nós sabemos...

 

Mas, por outro lado, Enterprise esforçou-se para descrever a génese de algumas coisas, dadas como estabelecidas nas séries anteriores, cujo desenrolar ocorre no futuro. Dois exemplos notáveis são a invenção de Reed do campo de força e o episódio no qual Archer elabora as questões que serão, eventualmente, respondidas pela Primeira Directiva.

 

Alguns vêem Enterprise como uma tentativa de alterar a abordagem politicamente correcta das séries recentes de Star Trek em direcção a uma aventura de acção mais tradicional. A escolha de um americano branco como capitão, a sua preferência por acções unilaterais, a introdução dos Suliban como os vilões claramente identificáveis e simplistas e mesmo a omissão das palavras "Star Trek" no título são vistas como elementos que se afastam das séries anteriores. Na verdade, a omissão de "Star Trek" deu-se devido à crença dos produtores de que apenas "Enterprise" seria suficiente para ser um nome reconhecido.

 

Gene Roddenberry, o criador original de Star Trek, teria descrito a Federação como o futuro que ele gostaria de ver. Ao situar Enterprise antes da criação da Federação, os roteiristas julgaram-se aptos para não seguir alguns aspectos da visão original de Roddenberry.

Houve até um jornalista que comparou as mudanças da nova versão de Star Trek com o advento da Guerra ao Terrorismo. Ora vejamos: por exemplo, muitos acreditavam que o Captão Archer e George W. Bush possuíam uma aparência similar e os nomes dos seus respectivos inimigos, os Suliban e os Taliban eram similares. Apesar do trabalho de produção da série ter ocorrido antes dos ataques do 11 de Setembro , o nome "Suliban" era, de fato, baseado no nome Taliban.

 

 

Curiosidades

- Enterprise foi a primeira série de Star Trek desde a Série Original a ser cancelada pelo canal responsável ao invés dos seus produtores;

- Star Trek: Enterprise é comummente abreviada pelos fãs como "ENT", ou "ST:ENT";

- A música tema da série (que eu acho que não tem nada a ver com a série), uma canção pop quase-patriótica escrita por Diane Warren e cantada por Russell Watson, foi uma mudança drástica em relação às outras séries: todas as músicas tema anteriores das séries Star Trek tinham sido estritamente instrumentais. Também foi o primeiro tema que não havia sido composto especialmente para a série, tendo aparecido previamente, cantado por Rod Stewart no fim 'Patch Adams' em 1998. Por outro lado, a letra da música reflectiu o espírito de exploração e busca de liberdade que permeou toda a série;

- Com a terceira temporada foram restauradas as palavras "Star Trek" no título e a introdução de um inimigo mais complexo, os Xindi. A terceira temporada inteira segue um arco longo da história, que começa no final da segunda temporada, "The Expanse", e termina no final da terceira temporada, "Zero Hour".

- Apesar do começo demorado, a terceira temporada (2003-2004), que inclui a história dos Xindi, foi avaliada positivamente pelos fãs e críticos, particularmente no final da temporada quando as escolhas dos novos escritores, directores e mesmo o músico começaram a melhorar a série. Os episódios 'Twilight', 'Similitude', 'Proving Ground', 'Azati Prime' e 'Damage' em particular foram elogiados por muitos fãs e todos os aspectos do vigésimo segundo episódio da temporada, 'The Council', receberam grandes elogios da crítica.

 

Fonte: Wikipedia, Wikia, TvSinopse, Blender 3D, Jornada nas Estrelas entre outros


publicado por dina às 14:14

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 29 de Março de 2010

Star Trek: Entreprise (2001 - 2005) I/II

 

Ano: 2001

Canal: UPN (actual The CW)

Temporadas: 4 temporadas (26 de Setembro de 2001 a 2 de Fevereiro de 2005 )

Episódios: 98

Transmissão em Portugal: MOV

 

Sinopse:

No século XXII...

A Terra encontra-se em mais um momento crítico.  um século após o primeiro contacto com os benevolentes Vulcanos, a humanidade está pronta para lançar-se no oceano do espaço...

 

'Star Trek: Enterprise' (conhecida até à segunda temporada simplesmente como 'Enterprise')é a quinta encarnação de 'Star Trek' na televisão (excluindo a série animada) e é uma prequela para as outras séries 'Star Trek'.

Criada por Rick Berman e Brannon Braga e baseada no clássico 'Star Trek' de 1966 (e nas outras séries seguintes) de Gene Roddenberry, a série mostrava as viagens da primeira nave interestelar Enterprise (Enterprise NX-01), que conseguia atingir Warp 5, e os primeiros passos da humanidade na "fronteira final".

O episódio piloto, 'Broken Bow', ocorre em 2151, entre os eventos mostrados no filme 'Star Trek: O primeiro contacto' e a série original 'Star Trek', ou seja, anterior à fundação da Federação dos Planetas Unidos e aproximadamente 100 anos antes de Kirk e Spock assumirem o comando da sua USS Enterprise.

A série narra alguns detalhes desconhecidos da série original como o "primeiro contacto" com os Vulcanos, a primeira aparição dos Romulanos, Klingons e Ferenguis, já conhecidos das séries anteriores, com a diferença de que os humanos ainda são uma espécie desconhecida e de tecnologia inferior à das outras espécie da galáxia.

No início, a Enterprise NX-01 encontrava-se numa missão temporária, porém foi colocada ao serviço inesperadamente quando um Klingon fez uma aterragem forçada na Terra, colocando o planeta inteiro em risco, caso não fosse enviado de volta ao seu povo. Sob o comando do capitão da Frota Estrelar da Terra Unida, Jonhathan Archer, a tripulação da Enterprise foi bem sucedida na sua missão, mas viu-se cercada por mistérios mais profundos.

Os primeiros anos da equipa foram agitados; embora a nave tenha feito contacto com raças como os Sulibans e os já mencionados Klingons, tais contactos não foram pacíficos. Logo no seu primeiro ano, a tripulação da nave viu-se em conflitos armados com diversas raças, como os  Tholianos, os Coridanos e os Borgs... e as coisas só pioraram. No seu terceiro ano no espaço, uma raça alienígena conhecida como os Xindi atacou brutalmente a Terra, matando milhões. A NX-01foi então enviada para uma área remota e até então não mapeada do espaço conhecida como Extensão Délfica para impedir que os Xindis realizassem o seu objectivo final que era a destruição da humanidade. Embora a nave tenha sido bem sucedida, após quase um ano na Extensão, sofreu danos severos e muitas baixas.

Ao voltar para casa, a Enterprise desempenhou um papel mais diplomático ao serviço da Terra Unida, acalmando as relações entre os Vulcanos, os Andorianos (vizinhos dos primeiros) e os Tellaritas e abrindo caminho para uma Coesão dos Planetas, uma aliança que acabaria por levar à fundação da Federação dos Planetas Unidos.

Apesar de ainda que frequentemente turbulenta, a Enterprise também continuou com a sua missão de exploração, fazendo com que os humanos entrassem em contacto com outros mundos e novas civilizações.

Personagens. A série foi então protagonizada pelo capitão Jonathan Archer (Scott Bakula, 'Quantum Leap'), a Vulcano T’Pol (Jolene Blalock, 'Slow Burn'), a especialista em línguas Hoshi Sato (Linda Park, 'Crash') , o tenente Malcom Reed (Dominic Keating, 'Beowulf'), o médico denobulano Phlox (John Bilingsley,'The Nine' e 'Anatomia de Grey), Travis Mayweather (Anthony Montgomery) e o engenheiro Charles “Trip” Tucker III (Connor Trineer) e durou 4 temporadas.

  

- Capitão Johnathan Archer é descendente do inventor do motor Warp 2 que foi testado por ele anos mais tarde, a fim de provar aos Vulcanos que o projeto NX era o principio das viagens estelares. Com clara evidência Archer desaprovava e “odiava” os Vulcanos pela censura que fizeram ao trabalho do pai, ele luta mesmo até contra a frota sob os pedidos dos Vulcanos para cessarem as suas actividades. No entanto com muitos obstáculos após mesmo a ameaça Xindi (desencadeando uma xenofobia) Archer foi o precursor da federação e fundador. 

- Sub-Comandante e oficial de Ciências T’Pol é uma Vulcana que é designada para trabalhar com os humanos numa missão para levar Kraig ao planeta Kronos (Klingom) devido a um ataque de uma raça chamada Suliban. Mas após a missão, ela recebe uma oferta do capitão para aprender mais sobre os humanos passando um tempo com eles, mas o que seria alguns dias transformou-se numa vida inteira. O interesse de T’Pol pelas emoções aprofundaram-se durante a guerra com os Xindi no terceiro ano da série. Facto Curioso: Tinha 62 anos quando foi recrutada para nave Enterprise.

- Travis Mayweather é um exímio piloto que nasceu num cargueiro e visitou muitos mundos mesmo antes de ser tripulante da primeira nave da frota. Pouco se conhece da sua história, a não ser que é considerado pelo seu irmão como desertor da comunidade de cargueiros, já que por ele a tradição era “nasceu no cargueiro, fica no cargueiro” e isso foi quebrado quando Travis resolveu entrar para a frota estelar. Facto Curioso: Teve a honra de ser clonado uma vez por uma estação (Ponto Morto) em troca do seu neuro-cortex para este servir de CPU.

- Hoshi Sato foi recrutada por John Archer enquanto estava no Brasil a ensinar línguas. Ela é ancestral da Uhura e os comunicadores universais (spoilers vistos na conferência da federação no 4º ano) foi crucial na descoberta dos códigos na era Xindi. É extremamente claustrofóbica. Facto Curioso: Uma das suas experiências mais estranhas foi ser teleportada pela Enterprise e ir parar a um universo paralelo da nave.

- Dr. Phlox é um denobulano (é a primeira vez que se ouve referências a esta raça no universo ST) que tem o hábito de aglomeração onde persiste ter várias mulheres e homens no mesmo casamento. Phlox é um profissional multi-cultural. Ao contrário dos médicos das outras naves do universo ST, é talvez o melhor médico capaz de vencer até os Borgs... Phlox, além de T’Pol, eram os únicos alienígenas da nave. Conhecia muito bem São Francisco devido a um intercâmbio que fez. Facto Curioso: Foi o único ser (de prova) que conseguiu reverter a transformação Borg no próprio corpo e este factor levou a uma ligação do universo ST – o filme 'Primeiro Contacto', protagonizado por Patrick Stewart (Picard), Marina Sirtis (Deanna Troy), Levar Burton (George La Forge), Brett Spinner (Data) a visitarem a Terra no passado (2068). O sinal enviado em 2152 foi o responsável por trazer os Borgs do Quadrante Delta para o da Terra em 200 anos (século 24).

- Malcom Reed vem de uma família tradicional da marinha que fugiu às tradições como Travis. É um oficial de armamento extremamente responsável e rígido que mantém um contrato secreto com o governo da terra (spoilers) para realizar tarefas nada limpas. Foi o criador do alerta vermelho e prontidão de armas. Isto foi criado no episódio “Singularidade” e utilizado para salvar a nave pela primeira vez. Facto Curioso: Serviu de hospedeiro por uma raça de sentinelas, seres divinos que testavam os seres humanos sem ninguém perceber.

- Charles Tucker é o engenheiro da nave, teve um relacionamento conturbado com T’Pol após a perda da sua irmã Elisabeth no ataque da sonda Xindi em 2153. Ajudou o projecto NX juntamente com Archer a ser aprovado e a construir a primeira Enterprise. (spoilers) Ele morre no último episódio, ao ajudar o comandante Shran (Andoriano). Facto curioso: Ficou grávido uma vez. O apelido Trip vem da nomenclatura da sua geração que é Charles Tucker III.

- Porthos é o cãozinho de raça Beagles de John Archer que passou por apuros quando entrou em contacto com uma raça extremamente sensível a qualquer ofensa. O primeiro contacto com a raça foi em “Vox Sola” com uma outra raça colectiva que queria voltar para casa. Era alérgico a lacticinio (queijo) e por isso o nome de Porthos, pois o mesmo mosqueteiro tinha alergia a este produto... Facto Curioso: O beagle que aparece no filme, apesar de ser tratado como macho, é fêmea.

- Embaixador Soval é o embaixador directo de Vulcano, é um representante da má vontade na opinião geral do programa espacial terrestre. No entanto demonstrou que a intenção dos Vulcanos era tentar refrear as evoluções humanas devido ao seu passado (Spoilers: a história Vulcana abrange um período de extrema violência devido às emoções descontroladas). Após a morte do almirante Forest, ele afrouxa a visão absoluta de Vulcano e chega a perder até o cargo...

 

Factos curiosos que nunca foram revelados. A série Enterprise revela factos que nunca foram explicados e muitos não se ligaram ao futuro, como por exemplo a inexistência de referência às raças Denobulanos ou Sulibans. Ou da guerra fria temporal. Nem mesmo de um ataque massivo como aconteceu, onde morreram 7 milhões de pessoas com o ataque dos Xindis. Ou a citação de John Archer como fundador da federação. Zefram Chrocaner foi muito bem lembrado ao criar o motor de warp e chamar a atenção dos Vulcanos, no entanto, o fundador da federação não foi citado nem uma vez... Nem Hoshi Sato a criadora do tradutor universal?

O Universo Sombrio foi citado em Enterprise, Deep Space Nine e na série Clássica. Essa foi a unica ligação lógica citada.

Henry Archer, pai do capitão Johnathan, foi o criador do motor de warp, no entanto só citam exaustivamente Scott (ST-Clássica) como sendo o único engenheiro conhecido. De facto ele era um mago dos motores, mas quem o criou inicialmente foi Henry.

Estes dados foram alguns furos que se tornam misteriosos no universo ST...

 

 

Não percam mais dados curiosos em breves sobre esta série...

 

Fonte: Wikipedia, Wikia, TvSinopse, Blender 3D, Jornada nas Estrelas entre outros

 

publicado por dina às 18:36

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009

'V' estreia em Portugal

 

No próximo domingo, a RTP vai estrear a série 'V', o remake da série 'V - A Batalha final' de 1983, que vai apenas no quarto episódio nos EUA.

Isto é realmente uma boa notícia, não me refiro em termos da série, porque não conheço, mas porque a diferença entre a estreia nos EUA e em Portugal em algumas situações tem diminuído drasticamente e neste caso falamos ainda numa estreia em canal aberto.

 

Nos EUA, a série vai passar por uma pausa, como tem vindo a ser noticiado pelos vários blogs e sites deste assunto, sendo que o seu regresso está marcado para Março do próximo ano.

 

publicado por dina às 15:29

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Julho de 2008

Eureka (2006-2010)

Eureka é uma série no mínimo estranha, tendo em conta a sua premissa, mas apesar do suposto tema importante - a tecnologia avançada, extremamente avançada -, torna-se leve e claro está com uns bons momentos de humor.
A TVI passou esta série aos sábados à tarde, aquando o boom das séries de fim-de-semana à tarde. Porém, tal como é hábito no canal, a série passou para as madrugadas durante a semana...

Sinopse:
Com o rápido desenvolvimento da tecnologia atómica, os Estados Unidos não queriam ficar atrás de ninguém, como sempre, e com a ajuda de Einstein e de outros cientistas, o presidente Truman criou uma espécie de “residência científica”. Esta consistia numa pequena cidade que aparentava em tudo ser igual às outras, excepto pelo facto de ser habitada por génios da ciência. Ali, protege-se e incentiva-se o intelecto. Naquela cidade está a nação de pensadores, de génios a trabalhar na próxima era de desenvolvimento científico. Os melhores arquitectos e construtores foram contratados para desenhar uma cidade onde se pudesse viver e trabalhar num ambiente de incentivo, numa área que oferecesse a melhor educação às crianças, os melhores cuidados de saúde e a melhor qualidade de vida.
Foi então criada uma comunidade, que pode rivalizar com a mais idílica cidade pequena americana, mas com uma grande diferença: esta cidade não pode nunca aparecer nos mapas, ou pelo menos naqueles que não são vistos exclusivamente pelo Pentágono. Partindo desta premissa, nasceu Eureka.
Mas ao sofrer um acidente de carro, o oficial Jack Carter (Colin Ferguson) descobre o povoado. Ele acaba preso lá com a sua filha Zoe (Jordan Hilson), uma adolescente que deseja apenas a reconciliação dos pais. Carter será obrigado a ocupar o lugar vago de xerife e a restaurar a ordem, além de guardar um dos segredos nacionais. A ajudante de Carter, Jo Lupo (Erica Cerra), é um ex-soldado do Exército americano e, no início não fica muito feliz com a chegada do novo chefe. Henry Deacon (Joe Morton) é um dos moradores de Eureka e esconde uma mente brilhante sob a sua aparência de simples mecânico. Allison Blake (Salli Richardson) é o elo entre o Pentágono e Eureka, além de ser a responsável por informar sobre os progressos da ciência e dos habitantes do povoado.
Do amor não correspondido às disputas profissionais, do vício à depressão, os problemas dos moradores de Eureka são mais complicados do que os das pessoas comuns. O talento dessa população, os seus problemas psicológicos e os recursos ilimitados
fazem com que as preocupações no povoado passem em poucos minutos a ser problemas em grande escala.
A série Eureka mistura drama e comédia para mostrar as aventuras desta comunidade habitada por cientistas e tem no elenco liderado por Colin Ferguson, que até então só tinha participado em séries fracassadas como Line of Fire, Coupling US.
A terceira temporada de Eureka já está no forno.
Genérico da série
publicado por dina às 19:10

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Dark Angel - Anjo Negro

CANAL: Sic Radical
TRANSMISSÃO: Terça-feira, 22h30
DISPONÍVEL: Em dvd a 1ª temporada em Portugal



Dark Angel (2000-2002) foi uma série que passou um pouco despercebida em Portugal. Foi transmitida pela RTP, ao fim-de-semana ao início da tarde e agora é retransmitida pela SIC Radical, que a apresenta de uma forma curiosa: a série que lançou Jessica Alba. Quer dizer, não interessa a história, se tem ou não qualidade, mas sim o facto de ter a Jessica Alba como protagonista, a bela Jessica Alba...
Bem, vamos ao que interessa. Falar de Dark Angel e não da actriz.

Seattle, ano de 2009. Num futuro próximo (tendo em conta que a série foi realizada no início dó milénio), a vida tal como nós a conhecemos desaparece quando nos Estados Unidos todas as infra-estruturas electromagnéticas da comunicação são destruídas num ataque terrorista (arriscámo-nos a que isto aconteça de verdade...). Contas bancárias, registos pessoais, qualquer coisa guardada num computador desaparece... As pessoas lutam para sobreviver e, tal como é usual nestas alturas, somente os criminosos conseguem enriquecer...
Neste ambiente, surge a história de Max Guevara (também conhecida como X5-452), uma jovem que trabalha numa empresa de entrega de correspondência, a Jam Pony – emprego que lhe dá livre acesso a todas as áreas de uma Seattle em ruínas. Mas ela guarda um segredo. Ela é um ser geneticamente alterado num laboratório de engenharia, para ser uma super guerreira. Em criança, fugira de uma instalação secreta do governo que agora dá tudo para a ter de volta... No seu encalço, está Donald Lydecker (John Savage), coordenador do projecto que deu vida ao grupo de seres “transgénicos”.
Max é convencida por Longan Cale (Michael Weatherly, "NCIS") a unir-se na luta contra o governo pós-apocalíptico que tomou conta do planeta. Logan é um ciber-jornalista anónimo conhecido por "Eyes Only", que luta contra a repressão e a corrupção, tentando proteger aqueles que são subjugados por tenebrosos elementos da sociedade...
Durante a sua luta, Max reencontra seus ex-companheiros de laboratório e percebe que alguns estão lutando em lados opostos.
A série foi realizada por James Cameron, experiente contador de histórias, que recheou a história com temas de grande apelo no início de milénio, como o fluxo de informações pela Internet, experiências genéticas com seres humanos e uma série de outros elementos muito interessantes.

Porém, quando a ambição é demais, os resultados nem sempre são positivos. James Cameron tinha prometido fazer apenas uma temporada sobre a saga de Max, mas com o sucesso, uma segunda temporada foi feita. Infelizmente a série caiu de nível, deixando de lado os temas principais, para terminar sem nenhuma explicação decente para os fãs...

Personagens:
Jessica Alba como Max Guevara "X5-452" adulta;
Geneva Locke como Max Guevara "X5-452"criança;
Michael Weatherly como Logan Cale/Eyes Only;
Valarie Rae Miller como Cynthia 'Original Cindy' McEachin;
Jensen Ackles como Alec "X5-494";
Richard Gunn como Calvin 'Sketchy' Theodore;
J.C. MacKenzie como Reagan 'Normal' Ronald;
Martin Cummins como Ames White;
Kevin Durand como Joshua;
John Savage como Colonel Donald Michael Lydecker;
Alimi Ballard como Herbal Thought;
Jennifer Blanc como Kendra Maibaum


Para os mais curiosos aqui fica algumas das imagens mais marcantes da 1ª temporada:

publicado por dina às 10:20

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links