.Licença

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Acção em Miami (Miami Vic...

. The Flash

. Estreia da 6ª temporada d...

. The Stingers - Infiltrado...

. Finalmente o beijo

.Tags

. actores

. actrizes

. actualização de elenco

. anatomia de grey

. bones - ossos

. cancelamento de séries

. csi las vegas

. drama

. e. r. - serviço de urgência

. estreias

. heroes

. notícias

. participações especiais

. policial

. promos 2008/ 2009

. renovações

. séries actuais

. séries da década de 80

. séries da década de 90

. top ten

. todas as tags

.mais comentados

7 comentários
3 comentários
1 comentário
1 comentário

.últ. comentários

Nick eu te amo. Eu fico com pena dele pois ele &ea...
Com certeza Julia Louis-Dreyfus é a melhor atriz d...
Gosto muito de ver a buffy
Bichinho do nick,por que sempre o gatinho sofre ma...
Ois. O episódio em que o Nick é enterrado vivo est...
bom o nick é um ótimo perssonagem do csi, acho q é...
oi td bem nike ,eu so tenho umas coisas p te dizer...
Alquem me ajuda eu nao consigo assitir o episodio ...
coitado de nick, nâo deveria sofrer tanto ...
nick é o mais gato de csi nâo devia s...

.arquivo

.subscrever feeds

Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Acção em Miami (Miami Vice) II/III

 

Ano: 1984

Canal: NBC

Temporadas: 5 temporadas (28 Setembro 1984 a 25 Janeiro de 1990)
Transmissão em Portugal: RTP, sendo agora retransmitida pelo FX

 

Na pesquisa que fiz para vos dar informação sobre 'Miami Vice', descobri um site brasileiro que faz uma descrição simplesmente fantástica: 'A tensão que emana das ruas e das suas figuras torna o ar irrespirável. A diferença entre criminosos e policiais é tênue, todos blefam compulsivamente sob cores pastéis, náuticos prédios art déco e envolventes luzes exageradamente coloridas da vida noturna. Ninguém é mais forte que esse jogo e poucos escapam desse vício, o verdadeiro protagonista do seriado, como seu nome já sugere. Alguns dos diálogos mais importantes não são falados: estão no rock instrumental de Jan Hammer e Tim Truman, bem como nas letras das músicas que dialogam com a narrativa, de Hoagy Carmichael a U2, de Bob Marley a Peter Gabriel.'

 

Uma das séries de maior influência na cultura dos anos 80 foi sem dúvida esta, 'Miami Vice', drama policial criado por Anthony Yerkovich em 1984 sobre a luta contra a corrupção, os cartéis e o tráfico de drogas na Flórida. Por trás do visual inovador presente no vestuário, na música instrumental e nas máquinas potentes pilotadas pelos poderosos de Miami estava o verdadeiro responsável pelo sucesso da nova série, o produtor Michael Mann.

'Miami Vice' girava em torno de dois polícias, James 'Sonny' Crockett (Don Johnson) e Ricardo 'Rico' Tubbs (Philip Michael Thomas), que viviam uma autêntica farsa. Apesar de mal terem dinheiro para uma conta no banco, a 'fauna local' conhecia-os como Burnett e Cooper, dois “negociantes” de lucros duvidosos, que desfrutavam de barcos à vela e de corrida, indo a festas em carros Ferrari e usando roupas de marca como Versaci, Cerruti, Uomo, Hugo Boss e relógios Ebel ou Rolex.

Claro, nada verdadeiramente deles...

Para reforçar a vida dupla, o escritório Gold Cost Shipping Co. era a fachada do departamento de polícia em que trabalhavam e nem na lista telefónica os seus verdadeiros sobrenomes apareciam.

 

 AS PERSONAGENS


'Crockett' tinha sido uma estrela de futebol americano na Universidade de Florida Gators e era conhecido por conseguir correr 90 jardas em 6 segundos. Depois de deixar o futebol, foi convocado pelo exército norte-americano, onde serviu no sudoeste da Ásia, e em 1984 tornou-se detective policial na Unidade Vice, em Miami.

A sua vida pessoal não ia muito bem. 'Crocket' vivia um processo de divórcio complicado  Sonny e Caroline tentaram, mas a vida turbulenta do marido era para ela uma tortura e para o filho do casal, Billy, não era exactamente uma boa influência. Após rompimentos e reconciliações, no quarto episódio, "Calderone's Return", o divórcio é finalmente decidido.  Na quarta temporada, 'Crocket' volta a casar-se, desta feita com 'Caitlin Davies' (Shenna Easton), mas no final desta, ela foi assassinada por um inimigo de 'Crocket'.

'Tubbs' era polícia em Nova Iorque e foi para Miami para vingar a morte do seu irmão. Ele foi à procura, coincidentemente, do mesmo traficante colombiano que Crockett investigava, Calderone. No episódio-piloto, ele associa-se temporariamente a 'Crocket', mas depois acaba por integrar a mesma unidade e acabam por se tornar parceiros. Ele era, na maior parte do tempo, uma pessoa tranquila e desembaraçada. Porém, existia escondida uma determinação irracionalmente inflexível...

No sexto episódio surgiu o último personagem regular de 'Miami Vice', o tenente 'Martin Castillo' (Edward James Olmos), substituto do tenetent Lou Rodriguez (Gregory Sierra), morto dois episódios antes. O actor já tinha sido insistentemente convidado para entrar no elenco por Michael Mann, mas somente após a excepcional concessão de direitos de participação criativa no personagem e de liberdade de envolvimento com outros projectos, ele finalmente aceitou o papel... Mann tinha mais uma vez acertado: quem conhece Miami Vice sabe que esta personagem era tão importante quanto a dupla principal, justamente pelo contraponto que representava em relação a ela. A personagem nunca foi revelada por completo e muito lentamente se torna claro o quanto as suas capacidades de investigação, supervisão e eventual acção são inesgotáveis. De origem cubana, 'Castillo' tinha uma personalidade fria, distante e estritamente profissional, possivelmente herança da sua estada no Sudeste da Ásia, quando trabalhava para a DEA... Em apenas um momento dos 111 episódios de 'Miami Vice', vê-se Castillo perder o controle ("Golden Triangle - part II")... A sua disciplina era plena e nele estava ausente qualquer tipo de exaltação ou abuso de força, não importando a situação. A sua voz era débil e contida e a sua mente parecia não ter deixado o pensamento, os costumes e as habilidades orientais. A sua roupa era um simples terno escuro, camisa branca e uma gravata fina, em contraste com as roupas de 'Crocket' e 'Tubs' por exemplo.

A equipa de 'Vice' tinha ainda quatro outros personagens: Stan Switek (Michael Talbott), Larry Zito (John Diehl), Gina Calabrese (Saundra Santiago) e Trudy Joplin (Olivia Brown). Como a série frequentemente abrangia não só as drogas mas também a prostituição e o tráfico de armas, em muitos episódios as belas 'Gina' e 'Trudy' passavam-se por prostitutas de rua ou acomapnhantes de luxo. Pelo menos num momento, as consequências foram literais: no episódio 10 ("Give a Little, Take a Little"), 'Gina' foi obrigada a cumprir aquilo que o seu cliente queria para que a sua identidade não fosse descoberta e a sua própria vida posta em risco.

'Switek' e 'Zito' eram dois polícias um tanto ou quanto imaturos, que comumente passavam por situações cómicas, aprimorando-se ao longo da série. Frequentemente monitoravam os suspeitos e as suas rotinas diárias através de telefones grampeados e outros aparatos, num furgão GMC. O seu enfoque cómico diminuiu na segunda temporada e desapareceu na terceira. Nesta última, em "Down for the Count" (episódio 56), 'Zito' é assassinado.

Claro, não nos podíamos esquecer do jacaré 'Elvis', ex-mascote da Universidade da Flórida que divide o barco à vela 'St. Vitus' Dance', um Endeavor 42 com o seu dono.

 

imagens retiradas da net

 

publicado por dina às 21:27

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

The Flash

Várias versões foram feitas sobre o herói de BD, Flash. O último conhecido entre nós foi interpretado por John Wesley Shipp, em 1990.

A história era sobre Barry Allen, um funcionário da polícia científica, que sofre um acidente químico, após o seu laboratório ser atingido por um raio. Esse acidente fez com que ele fosse capaz de correr em velocidades altíssimas.
Barry decidiu então tornar-se um super-herói. Chamou-se "Flash", vestiu uma máscara e um uniforme colante vermelho e passou a patrulhar Central City. Ele adoptou este nome depois de ler uma história em quadradinhos sobre o Flash da Era de Ouro. Barry Allen trabalhava com a também cientista Christine 'Tina' McGee, sua amiga, que o ajudava na sua luta contra o crime.

Barry tornaria-se um herói muito popular. O seu sobrinho, Wally West, viria a tornar-se o Kid Flash, após passar por um acidente semelhante ao de Barry.

A série não vingou, porque a CBS não conseguiu fazer uma boa gestão da transmissão televisiva e a audiência acabou por ser diminuta, não passando do seu primeiro ano.


Inimigos de Barry Allen/ Flash
Capitão Frio
Mestre dos Espelhos
O Flaustista
Capitão Bomerangue
Gorila Grodd
Anti Monitor
Professor Zoom
O Pião

Poderes:
Possuí super velocidade: isto dá, não só a habilidade de se mover depressa, mas também de enxergar o mundo como se estivesse em câmara lenta, podendo ver a trajectória das balas e objectos muito rápidos e pegá-los com as mãos. Consegue ainda atingir a velocidade da luz.
A velocidade permite a todos poder correr sobre a superfície das águas e pelas paredes.
Uma aura protege o corpo do super-herói quando em super velocidade: assim, eles não se ferem com o atrito do ar. Isto protege também objectos e até pessoas em contacto com o corpo do Flash.
O Flash consegue criar ventos fortes por girar em círculos ou agitando membros do corpo, como os braços. Consegue ainda vibrar através de objectos sólidos. Os átomos dos seus corpos deslizam suavemente entre os espaços das moléculas que compõe a matéria.

publicado por dina às 09:46

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Estreia da 6ª temporada de CSI Miami

O AXN estreia na próxima quinta-feira, dia 8 de Maio, a sexta temporada de «C.S.I. Miami», que traz novamente a equipa de Horatio Caine (David Caruso) ao pequeno ecrã. Pelas 22:25, os novos episódios prometem continuar a ser emocionantes, com novos crimes e mais pormenores acerca da vida dos investigadores forenses. ~

A quinta temporada trouxe diversas histórias emocionantes, que foram constituindo verdadeiros desafios profissionais e pessoais para todos os elementos da série. A season começou com a viagem de «H» e Eric Delko (Adam Rodriguez) ao Rio de Janeiro, para resolver o assassinato de Marisol, irmã de Eric, recém-casada com Horatio. ~

À medida que os espectadores se vão apercebendo das vidas dos profissionais, temas como o amor, a perda ou a moralidade vão também sendo explorados. ~
Delko, que, após sequelas sofridas, está em dúvida em relação à carreira, desenvolve uma «paixoneta» por Calleigh Duquesne (Emily Procter), especialista em balística, mais interessada num novo detective, e Ryan Wolfe, a agente mais novo, é forçado a abandonar a equipa quando um problema com o jogo compromete a sua performance a nível profissional. ~
A revelação mais fantástica da nova temporada deverá ser a de que Horatio tem um filho, até então desconhecido, adolescente e a braços com problemas com a justiça, preso e acusado da morte do seu agente de liberdade condicional. Com Kyle Harmon atrás das grades, os criminosos e inimigos de «H» tentarão «dobrá-lo» em benefício próprio. ~

E muito mais... ~


Fonte: Diário Digital

publicado por dina às 20:42

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

The Stingers - Infiltrados


Stingers - Undercover Central: Infiltrados (1998 - 2004) é uma série australiana, inspirada em acontecimentos reais, que relata a história de polícias infiltrados, pessoas com vidas secretas que se vêm obrigadas a mudar constantemente de identidade.

A série mostra a complicada e sombria vida dos agentes que trabalham em contacto com criminosos, sem protecção, sem distintivo policial e sem nenhum respeito. Ninguém usa o nome com que foram baptizados. É mais seguro assim!

Produzida por Beyond Simpson Le Mesurier para o canal "Nine Network" australiano, Stingers retrata a vida de seis polícias e é protagonizada por Peter Phelps como o agente Peter Church, que no seu papel de infiltrado é um homem solitário, que se mistura facilmente com deliquentes. Church nunca fez mal a ninguém, salvo em defesa própria e nunca cometeu um crime que não fosse totalmente necessário...
A equipa é composta por mais três actores: Anita Hegh como o sargento Ellen "Mac" Mackenzie, Ian Stenlake no seu papel agente Oscar Stone e Kate Kendall, como a agente Angie Piper. Jessica Nappier encarna a recém chegada à unidade, Kaye Kelso. O oficial responsável por esta unidade é Bernie Rocca, interpretado pele conhecido Joe Petruzzi (Violent Earth, Bordertown). Esta é a equipa original da série, que se foi alterando, com o aparecimento de novas personagens e a saída de outras ao longo das várias temporadas. A personagem Óscar Stone, por exemplo, sai de cena, ao morrer de cancro.

Curiosidades:
- A série conta com 8 temporadas e foi cancelada pelas baixas audiências que registava;
- Até 2003 já tinham sido transmitidos 164 episódios;
- Era transmitida em mais de 50 países, como por exemplo, além da Austrália e Portugal (através do canal cabo AXN), Canadá, Irão, Luxemburgo, Espanha, Suécia, Reino Unido, França, África do Sul, Nova Zelândia, Dinamarca, Noruega, Polónia, Holanda, Turquia e Egipto;
- A equipa origianl da série, com excepção de Phelps e Kendall (que ficaram até ao final da série), saíram todos à procura de novos desafios profissionais.


Personagens:
Senior Constable Peter Church - Peter Phelps (Seasons 1-8)
Senior Detective Angie Piper - Kate Kendall (Seasons 1-8)
Det-Sen Sgt. Bernie Rocca - Joe Petruzzi (Seasons 1-2, or guest)
Constable Oscar Stone - Ian Stenlake (Seasons 1-5)
Det-Sen Sgt. (originally Det-Sgt.) Ellen 'Mac' Mackenzie - Anita Hegh (Seasons 1-5)
Constable Kaye Kelso - Jessica Napier (Season 1, Episodes 1-5)
Constable Daniella Mayo - Roxane Wilson (Seasons 3-6)
Constable Christina Dichiera - Jacinta Stapleton (Seasons 6-8)
Detective Inspector Luke Harris - Gary Sweet (Seasons 6-8)
Senior Detective Leo Flynn - Daniel Frederiksen (Seasons 7-8)

Equipa final da série: Jacinta Stapleton, Peter Phelps, Daniel Frederiksen, Gary Sweet e Kate Kendall


O genérico da 1ª temporada

publicado por dina às 16:52

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007

Finalmente o beijo

Já aqui escrevi sobre uma série que adoro, "Bones". É uma série leve em termos criminais, mas o ambiente no laboratório, principal cenário da série, é fantástico e para se juntar a isto temos uma dupla - Emily Deschanel e David Boreanaz, respectivamente Bones e Booth - que nutrem um amor quase platónico ao longo das duas temporadas, que já passaram na FOX.
Não tendo muita informação sobre o vídeo, suponho que isto se passe na 3ª temporada.
É uma cena que os dois actores estão a gravar, em que têm que se beijar. Reparem na genuína reacção de ambos perante tal acto!

publicado por dina às 00:05

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.links